segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Tem ar de frustrado porque se sente frustrado

É um dos princípios da Programação Neurolinguística (PNL). A postura que se adopta é determinante na forma como nos sentimos. Revi há umas semanas o filme em DVD Against All Odds, traduzido em português para Vidas em Jogo.
Numa das cenas, James Woods (Jake) diz para Jeff Bridges (Terry) qualquer coisa como isto: «Estás com ar frustrado!...» Ao que Bridges responde: «Estou com ar frustrado porque me sinto frustrado.»
O sentimento de Bridges tinha invadido a sua postura corporal. Não sei se queria mesmo parecer assim ou se apenas não queria combater este sentimento deixando-o controlar o seu corpo.
Tal como a figura acima, de Peanuts, se ele se quer sentir deprimido, a pior coisa que pode fazer é ficar erecto e levantar a cabeça, porque aí ele vai melhorar. Se quer continar deprimido ele tem de baixar os ombros e olhar o chão.

Portanto, quando se sentir mal, frustrado/a, desapontado/a, etc., a primeira de todas as coisas a fazer é modificar deliberadamente a sua postura. Levante a cabeça, não deixe cair os ombros, caminhe direito/a, não olhe para o chão. Vai ver que se sentirá melhor. Será esquisito contrariar o estado de espírito com uma postura incompatível, tudo depende do que você quer afinal. Continuar assim ou sentir-se melhor.

A escolha é sua.