domingo, 6 de novembro de 2011

Rude golpe...

A verdade tem destas coisas. Às vezes vem para se instalar, incomodando históricas mentiras que dominam a humanidade. Milhões e milhões de vidas condicionadas pela mentira mais universal da história humana. Agora chega o rude golpe.

José Rodrigues dos Santos teve coragem para mexer nos alicerces do edifício milenar da Igreja Católica. A história de Jesus afinal está toda truncada. A Bíblia contém ela própria histórias convenientes à manipulação de massas através da crença. Está repleta de erros e incorrecções.

Cerca de «400 mil». É qualquer coisa para um documento que devia ser considerado «infalível». Jesus era apenas um homem simples, Maria não era Virgem, o episódio da adúltera que seria apedrejada não fosse a intervenção de Jesus foi forjado e a narrativa da ressurreição é outra intrujice. Os sucessivos escribas foram reescrevendo toda a história ao sabor das suas limitações interpretativas e das suas conveniências.

E mais não se diz, pois a leitura é clara e apetecível