quarta-feira, 30 de maio de 2012

Uma conversa com o Possível


Há dias, falei com o Possível. Bastou concentrar-me um pouco e ele apareceu.
- Estás aqui? - perguntei.
- Sim, não me chamaste?, disse.
- Pois, tens razão, mas não pensava que ias ser tão rápido. - justifiquei.

E o Possível explicou logo tudo:
- Eu estou em todo o lado, não tenho casa, não tenho sítio certo. Vivo em todo o lado e passo o tempo a criar possibilidades. Provoco, experimento e desafio. Eu, o Possível, não me preocupo com coisa nenhuma, tudo é possível e não tenho inimigos.

- Não tens inimigos? – respondi eu - Como assim? Há coisas impossíveis, ou não? O Impossível, o teu contrário, é teu inimigo.
- Inimigos? – diz o Possível – ahahahah, o meu único inimigo dizem ser o Impossível, mas esse não existe. Se existisse, afinal, eu já tinha morrido. Só há lugar para um, percebes? - Como assim? - insisti eu.

- Explicando melhor - avançou o Possível - não é possível o Impossível existir sem ser na ideia do Não-Sou-Capaz, do Não-Consigo e do Não-Tenho-Jeito. Esse trio ainda não percebeu que apenas pôs uma alcunha ao Medo e ao Não-Quero. Os três convenceram-se então que há um Impossível e que por culpa dele não conseguem, não são capazes ou não têm jeito. Dizem sempre isso como que a convencerem-se que é impossível, mas se assim fosse, não era possível o Não-Tenho-Jeito, o Não-Consigo e o Não-Sou-Capaz fazerem o que é sempre possível. O que não é possível ali é sempre possível aqui ou acolá. Por isso é sempre possível aos três tornar possível alguma coisa em algum lugar. E se não criam a possibilidade naquilo que queriam, cria a possibilidade noutra coisa qualquer.

- Bom, não é fácil perceber, mas até parece simples - rematei eu.
- Pois é - reforçou o Possível. - Pensa um pouco e verás que a impossibilidade já é uma possibilidade. Na verdade, há uma coisa que é impossível, que é anular o possível, pois o próprio impossível já é criar uma possibilidade. Não! O Impossível não existe e o Não-Tenho-Jeito, o Não-Sou-Capaz e o Não-Consigo, ao criarem o imaginário Impossível criam a possibilidade de ter jeito para alguma coisa, a de não ter jeito, não conseguir ou não ser capaz de criar o próprio Impossível.
Portanto, convence-te de uma coisa, o Possível é a única coisa que é possível.