domingo, 1 de março de 2015

5 tipos de pessoas tóxicas...


Acabei de ter uma experiência muito intensa relacionada com toxicidade emocional e resolvi escrever este texto. Há muito que não me sentia assim. Umas horas depois de ter tido contacto com um grupo de pessoas num evento institucional estava de rastos. Emocionalmente esgotado. 

Ninguém foi desagradável ou desadequado. Pelo contrário, todos os preceitos de cortesia foram verificados: cumprimentos, apertos de mão e sorrisos sociais estiveram presentes. Porém, depois de tudo isto a razão processar, ficou o facto: o efeito físico manifestou-se com grande intensidade, acompanhado de um enorme cansaço emocional. Pensamentos negativos, falta de motivação, inspiração zero, energia inexistente e um subtil e insistente desencanto.

Provavelmente, já sabe que há pessoas que afectam o seu bem-estar. Provavelmente, não se apercebeu o quanto essas pessoas o/a podem afectar. Mesmo que não lhe dirijam palavras ou sequer o/a olhem, fique com a certeza absoluta de que a sua simples presença afecta o seu equilíbrio, o ponto mais fulcral que contém a sua energia mais pura: o seu centro.

Principalmente, há 5 tipos de pessoas sugadoras de energia:

1 - Pessoas que mentem
2 - Pessoas que acusam
3 - Pessoas que querem mudá-lo/a
4 - Pessoas que querem usá-lo/a
5 - Pessoas que pensam de mais nelas próprias

Hoje foi dia de procurar leituras inspiradoras, falar com pessoas que gostam de mim, procurar o que quero e pensar o melhor de mim. E afinal o que colhi no dia de hoje? 
Que não se trata de evitar, trata-se de escolher definitivamente o que fazer.

1 - Trata-se de escolher as pessoas com quem quero e prefiro estar; 
2 - Trata-se de fazer o que me interessa e dá energia;
3 - Trata-se de aceitar apenas convites para eventos ou encontros institucionais que tragam oportunidade de conhecer novas pessoas;
4 - Trata-se de aceitar convites para eventos ou encontros formais ou informais que signifiquem possibilidades relacionadas com: ideias, situações, negócios, experiências e boas práticas;
5 - Trata-se e fazer o que penso acrescentar algo e não cumprir preceitos sociais ou institucionais...

Provavelmente, o que leu não é novidade. Para mim, não é, mas fiz questão de escrever para manter bem presente que pessoas tóxicas, ainda que polidas, esgotam-me e afectam o meu centro.