segunda-feira, 27 de julho de 2015

Mente e corpo são o teu templo


De todos os métodos criados até hoje,
o coaching é talvez o mais perfeito... 

Toda a actividade de coaching dedica-se a trabalhar crenças, convicções e a fé. Sim, isso mesmo. Trata-se de devolver ao indivíduo a sua liberdade, o seu poder pessoal e a sua responsabilidade, tornando-o no maestro da sua vida.

No coaching, o teu corpo e a tua mente são o teu templo, onde residem todas as capacidades e possibilidades de escolha. No coaching a tua missão não é a de adorar ou agradar a entidades ou sequer provar-lhes alguma coisa. Pelo contrário, a tua missão és tu e deves gostar de ti em todas as tuas vertentes.

Portanto, tudo depende de ti, da tua força de vontade, do querer, da fé que tiveres em ti próprio. Tal como o mestre disse ao seu discípulo, «Eu não posso ensinar-te nada, a menos que estejas disposto a aprender. Não depende de mim, mas sim de ti, da tua disponibilidade para contigo mesmo...», também no coaching a condição primeira é a disponibilidade, para saber o que resulta.

Os dois pilares essenciais:
1 - Experimentar para ver e sentir o que funciona melhor.
2 - Assumir sempre que o que queres já está realizado.

Nota final: as técnicas usadas no coaching são estratégias e uma estrutura para te colocares no tempo e no espaço adequado para te realizares. E o coach é apenas um parceiro, pois tu és sempre o maestro.