quinta-feira, 23 de julho de 2015

Sucesso é ser...


O sucesso é tido como algo palpável que pode ser perseguido. 
Durante anos e anos ouvi isso repetido vezes sem conta

Um dia percebi que em primeiro o sucesso é um conceito e como tal varia conforme a pessoa e o contexto. Em segundo não é palpável, apenas verificável, não podendo ser perseguido. Em terceiro e último, é um sentimento.
Quando me sinto satisfeito estou em sucesso. Se estou a fazer o que quero e acompanho com quem gosto estou em sucesso. São coisas simples como estas que compõem um propósito, um significado e o sucesso em si. Sucesso é um sentimento interno que tem um ponto comum: satisfação duradoura.

Não se prenda com definições concebidas em livros ou por pessoas que lhe dizem que sucesso é ganhar ou ser melhor do que os outros, ser rico, ter poder, estatuto ou posição.
Quer um exemplo? Escreva a palavra «sucesso» ou «success» no Google, clique em «imagens» e veja as que lhe surgem. Perceberá do que estou a falar. 

Se não tiver uma satisfação duradoura, nada feito. Se apenas depende de eventos esporádicos, nada feito. Tem de ser algo subtilmente duradouro, um estado de espírito de satisfação. 

Não se trata de atingir, trata-se de Ser